RESENHA: Indicados ao Oscar de melhor trilha sonora

Este texto contém spoilers! Sempre vi a trilha sonora como o pulsar de um filme, é ela quem define o ritmo, talvez como as batidas da b...

Este texto contém spoilers!

Sempre vi a trilha sonora como o pulsar de um filme, é ela quem define o ritmo, talvez como as batidas da bateria em uma música, e ajuda a transmitir a emoção de uma cena.

Assistindo aos filmes indicados ao Oscar 2017, na categoria de trilha sonora, fica bem fácil colocar La La Land como o favorito, por ser um musical. Porém, olhando os concorrentes com mais atenção percebemos em Lion, a tensão criada com a trilha sonora, que acompanha a história do menino Saroon, que se perde na cidade e é obrigado a se virar pra conseguir sobreviver, escapar de pessoas que querem vendê-lo como mercadoria, até ser adotado e por fim reencontrar sua família de sangue em uma cena forte, com trilha sonora delicada que detona nossas emoções (aviso que pode haver suor pelos olhos).


Os filmes Jackie e Moonlight, assimilam-se no quesito transmissão de sensações, pois em ambos são raros os momentos de alegria e felicidade, com isso a trilha sonora inspira melancolia e a falta de perspectiva dos personagens, te fazendo perceber que a vida pode ser bem pesada em certos momentos.



Passageiros é o quinto filme indicado na categoria, e me pareceu apenas um filme perdido por aqui, não por ter uma trilha sonora ruim, muito pelo contrário, porque Thomas Newman é um excelente compositor, são tantas suas trilhas maravilhosas, entretanto esta foi apenas “bem feita”, mas acredito que não deveria estar entre os indicados, será bem surpreendente se vencer.


Mas como disse no começo, minha aposta é em La La Land nesta categoria, assim como nas categorias de mixagem de som e de canção original. Já que como musical, a trilha sonora não só está presente como é parte fundamental da história, onde os personagens cantam e transmitem toda a emoção através da canção (o que Emma Stone faz muito bem). No geral, o filme tem muitas sequências de performances de dança e canto, em uma série de números musicais que carregam o filme, e diminuem as cenas de diálogos. Fica fácil de comparar La La Land com o filme anterior de Damien Chazelle, Whiplash, segundo o próprio editor Tom Ross, a edição foi feita de acordo com o ritmo das batidas da bateria das músicas, transformando o filme em um thriller de ação antes de um musical.



São grandes trilhas sonoras concorrendo este ano, o que inspira uma ótima disputa nas categorias musicais - o que nem sempre é percebido, mas faz toda a diferença nos filmes.

Abaixo deixo um presente pra vocês, uma playlist com todas as trilhas sonoras indicadas e mais as canções originais. Compartilhe a sua opinião sobre as trilhas destes ou outros filmes nos comentários.



Por Wellington Macedo

Conheça também esses posts!

0 comentários

Instagram