Documentário empodera gays ao tirar o estigma da palavra “bicha”

Com um orçamento de apenas dez reais, formato simples e mensagem direta, “Bichas, o documentário” desmistifica o significado da palavra...


Com um orçamento de apenas dez reais, formato simples e mensagem direta, “Bichas, o documentário” desmistifica o significado da palavra bicha e mostra que ela pode ser um elogio no lugar de xingamento.

"Ressignificando a palavra a gente muda a nossa perspectiva", explica João Pedro Simões no documentário.

A idéia do documentário surgiu á partir de uma ameaça a um grupo de amigos, em que dois estavam de mãos dadas, gerando a ira de um desconhecido que ameaçou "suas bichas, vou atirar em vocês", apontando a arma. Com o sentimento de impotência e desespero, veio a ideia de criar algo que empoderasse quem se encontra desprotegido.

Produzido e idealizado pelo publicitário Marlon Parente, que em cem dias juntou seis amigos, com perfis e histórias diferentes, uma câmera e um microfone comprado com 10 reais, seu único gasto, e gravou usando a luz do dia por não ter equipamento de iluminação. Colhidos os depoimentos editou tudo sozinho.

"Eu tinha duas opções: deixar esse episódio tomar conta de mim e me corroer ou fazer algo para que eu pudesse superar", conta Marlon em entrevista ao site UOL.

O resultado foi um documentário simples, porém honesto e tocante. Os relatos mostram pessoas de verdade, contando histórias de verdade, desde como foi se descobrirem, até se assumirem para seus familiares, além do medo da sociedade, do preconceito e até mesmo de sofrer agressões.

Assista:


Por Yasmim Aguiar

Conheça também esses posts!

0 comentários

Instagram