Campanha usa modelo trans para mostrar qual é o preço que se paga por ser quem realmente é

Foto: Reprodução Para se inserir no mercado a nova marca de vodka chamada I AM Vodka criou uma campanha intitulada “The Price Of Being ...

Foto: Reprodução
Para se inserir no mercado a nova marca de vodka chamada I AM Vodka criou uma campanha intitulada “The Price Of Being Me” (O preço de ser eu). O objetivo é mostrar a força e a coragem necessária para ser aquilo que cada um deseja ser, atribuindo assim, a marca, todos esses valores.

O primeiro vídeo é sobre a modelo transgênero Sabel Gonzales, que conta qual foi o preço que pagou para ser quem ela realmente é. Como complemento, a campanha encoraja outras pessoas a compartilharem suas histórias e mostrarem seu ponto de vista nas redes sociais através da hashtag #thepriceofbeingme.

A marca se posiciona como uma vodka “feita para pessoas loucas e estranhas”, o que não cai muito bem e nem faz muito sentido com a temática da campanha, visto que o primeiro vídeo aborda o ponto de vista de uma trans, que faz parte de um grupo de pessoas que sofrem diariamente com preconceito, já que são consideradas diferentes (para não falar estranhas) pela sociedade.

Tirando o posicionamento da marca que é contraditório a campanha (um belo escorregão, diga-se de passagem), a mensagem passada não se torna menos importante, pois levanta uma questão significativa: Qual é o preço que você paga por ser quem é? 


O que achou da campanha? 

Por Yasmim Aguiar

Conheça também esses posts!

0 comentários

Instagram