5 referências do cinema dos anos 80 em Stranger Things

O amor clássico dos anos 80 que está encantando gerações volta no ano que veeeeeeeeeeeeem!! Eu sei, eu sei que estou bem atrasada, m...


O amor clássico dos anos 80 que está encantando gerações volta no ano que veeeeeeeeeeeeem!! Eu sei, eu sei que estou bem atrasada, mas devo confessar que fui muitooo relutante para ver essa série, porém eu estava errada e curti muito, ainda mais por se passar em Indiana no ano de 1983 e ter o fofuxo do Dustin (sim, eu falava Ownt toda vez que ele sorria).

A história gira em torno do desaparecimento de um menino, que a partir daquele momento muitas coisas estranhas começaram a acontecer, inclusive o aparecimento de Eleven, uma garotinha misteriosa que ninguém sabe de onde veio. Mas a parte que eu mais gostei foram as referências dos cinemas dos anos 80 que Stranger Things traz e é sobre isso que quero falar com vocês. Então vamos começar a lista. 

1. Poltergeist – O Fenômeno

Foto: Mega curioso
Na série tem a famosa cena em que a garotinha loira é atraída para a luz que vem "do outro mundo", além das cenas de Joyce que consegue ouvir o seu filho falando de dentro das paredes da sua casa.

2. E.T. – O Extraterrestre

Foto: Mega curioso
Existem duas cenas que fazem grandes referências a esse filme, mas prometo não dar spoiler para aqueles que ainda não assistiram. Resumindo, tem referência maior do que crianças fazendo amizade com alguém "de fora" e que precisam inventar um disfarce com peruca loira para enganar os adultos, além de fugir em bicicletas?!

3. Viagens Alucinantes

Foto: Mega curioso
No filme de 1980, Viagens Alucinantes, o professor Edward Jessup estuda casos de esquizofrenia e a manifestação de simbolismos religiosos e um dos seus instrumentos é um tanque de privação sensorial, o mesmo que Eleven precisava entrar para elevar seu potencial psíquico.

4. Blow-Up – Depois Daquele Beijo

Foto: Mega curioso
A cena em que remete Blow-Up – Depois Daquele Beijo é a cena em que Jonathan fotografa Barb sentada na beira da piscina e depois descobre que também fotografou a criatura, assim como em Blow-up que Michelangelo Antonioni tira uma foto de um casal no parque e, acidentalmente, registra a cena de um assassinato.

5. Videodrome – A Síndrome do Vídeo

Foto: Mega curioso
O mundo real e o mundo invertido quase não tem barreiras entre eles e isso é uma referência muito forte do filme Videodrome – A Síndrome do Vídeo.

E você identificou mais alguma coisa em Strander Things? Comenta aqui e nos conta o que achou.

Por: Gessica Carvalho

Conheça também esses posts!

0 comentários

Instagram