Desastre Iminente

Oi gente, tudo bem?! Peço desculpas pela falta da semana passada, mas vai valer a pena! Esta semana o livro escolhido para ser rese...

Oi gente, tudo bem?!


Peço desculpas pela falta da semana passada, mas vai valer a pena! Esta semana o livro escolhido para ser resenhado é Desastre Iminente da autora Jamie McGuire. Sim minha gente, chegou a hora de ver a história do casal Abby e Travis, pela visão do nosso galã!

Como eu disse no primeiro parágrafo da resenha, a história é contada pelo olhos do nosso protagonista, ou seja, não é continuação, e a editora deixa isso claro já na sinopse do livro. Pra você que não leu a resenha do “primeiro livroBelo Desastre é só clicar Aqui.

Eu gostei muito de Desastre Iminente, embora tenha demorado um pouco na leitura já que eu sabia como o livro iria terminar... Ai, ai, ledo engano meu! Digamos que a história se estende uns onze anos depois do ponto onde Belo Desastre terminou. Parei, falei demais!

É muito bom ver a história de uma perspectiva masculina, mas se eu já havia sentido uma certa antipatia pela Abby, essa antipatia aumentou! No livro anterior ela me pareceu chatinha, já neste, ela me pareceu intragável mesmo. Outros personagens na visão de Travis também mudaram no meu conceito; America antes era uma princesinha cheia de não-me-toque, mas suportável, agora para mim ela é insuportavelmente irritante, e fresca! Shepley que em B.D. havia empatado com Travis a minha preferência, em D.I. tornou-se completamente exagerado (ou melhor: dramático) e “submisso” ao jeitinho “rainha do mundo” da America. Mas quem ganhou de vez meu carinho foi a família de Travis, os Maddox; fiquei completamente apaixonada por Jim, pai do moço, e os quatro irmãos: Thomas, o mais velho, os gêmeos Tyler e Taylor, e Trenton, o Trent, que para mim sem sombra de dúvidas, é aquele tipo de irmão que está ali para todas as horas, e que conquistou meu carinho, dei altas risadas com o jeito despachado, atrapalhado mas protetor do rapaz.

Ri demais com a história! Pode até ser que eu tenha me divertido mais com o Travis narrando a história, porque eu sempre preferi as conversas masculinas, sem pudor, nem medo de ofender, afinal nós sabemos que mesmo chamando um ao outro de certas palavras, que não posso dizer aqui na resenha, o companheirismo masculino é de se admirar. Mas também me emocionei muito, enxergar todos os sentimentos do Travis com relação aAbby, e ao relacionamento montanha russa deles (feliz, triste, feliz, triste... Vocês me entenderam!), e poder ver como ele encarava tudo isso, foi incrível, porque isso só me mostrou um lado diferente do bad boy. As cenas extras que encontramos em Desastre Iminente me ajudaram a descobrir de onde vinha toda a agressividade do garoto, e o sofrimento que se camuflava atrás daquele homem fascinante e magnético. Talvez fosse esse jeitão todo “Eu não tô nem ai promundo!” que o fez ser tão interessante. A saga do personagem para agradar, proteger e surpreender a nossa donzela em perigo é dilacerante, até autodestrutiva, mas estranhamente meiga e apaixonante.

É isso! Adorei o livro, e me impressionei em como deve ter sido trabalhoso para o tradutor transformar todas as gírias do inglês para o nosso lindíssimo português. Então parabéns Ana Death Duarte, a tradutora do livro! Indicadíssimo, leitura divertidíssima, ótima para terminar as férias!


A segunda imagem é do filme Sou Louco Por Você, mas esta cena do filme me fez lembrar demais o jeitinho do Travis e da Abby juntos. Essa é uma das imagens que aparecem neste vídeo, que conta a história do casalzinho do livro através dos personagens do filme. Assistam.


Mil Beijos!!!

PS1: Até parece que a tradutora vai ler mesmo essa resenha... kkk Estou hilária ultimamente!

PS2: B.D e D.I foi uma forma de não ficar repetindo os títulos a toda hora.

Dados do livro:

Título: Desastre Iminente.
Autor: Jamie McGuire.
Editora: Verus.
Número de páginas: 405.
Paperback.

Por: Fernanda Gonçalves

Conheça também esses posts!

0 comentários

Instagram