A Breve Segunda Vida de BreeTanner

Oi gente, tudo bem?! Para começar a resenha de hoje preciso fazer uma importante observação: EU TE ODEIOOOOOO RILEY!!! Bom er...

Oi gente, tudo bem?!

Para começar a resenha de hoje preciso fazer uma importante observação:

EU TE ODEIOOOOOO RILEY!!!

Bom era isso, vamos a resenha! A resenha de hoje é sobre o livro de uma autora que eu sei que é muito conhecida por todos, às vezes você nem leu um livro dela, mas está cansado de ouvir falar das obras que ela produziu; sobre vampiros bonzinhos que se apaixonam, e tem uma convivência pacifica com os humanos. Sim! Hoje falaremos sobre um dos livros da saga crepúsculo de Stephenie MeyerA Breve Segunda Vida de BreeTanner.

Este livro é uma caixinha de surpresas, porque eu li Crepúsculo, e gostei, li Lua nova e quase entrei em depressão com a chatinha da Bela, e aí li Eclipse, até o terceiro capítulo, já que de tão enfadonho não consigo desempacar, me disseram que depois melhora, ai eu espero, sinceramente! Mas o livro que conta a história da recém-criada Bree é fantástico!

A história se inicia com a nossa mocinha esperando até que anoitecesse para que pudesse sair e caçar. Isso mesmo minha gente, a Bree não é “vegetariana”, ela é uma vampira digamos que, normal. Não sente culpa por matar os humanos e se alimentar deles. Mas Bree não é uma vampira comum, mesmo recém-criada, sedenta por sangue, e com os sentimentos e emoções descontrolados, ela tem uma certa organização mental, o que a manteve viva desde a sua criação, mesmo sendo pequena e frágil, em comparação com os outros “escolhidos”.


E é nesta noite, que após uma situação um tanto quanto perigosa para o anonimato dos vampiros, que Bree conhece Diego, vampiro que também fazia parte do bando de Riley, e que como ela seguia os conselhos de líder, como escolher presas da escória da sociedade, já que, ninguém sentiria falta delas. Daí em diante vemos uma amizade, e uma relação de confiança e cumplicidade crescendo entre os dois. Juntos e com a organização, e concentração mental de Diego, os dois descobrem aos poucos os planos de Riley, e existem duas opções de raciocínio a seguir: ou Riley, como eles, era ignorante quanto a certas verdades vampirescas, ou ele até o momento havia os enganado, e manipulado. E no meio desta confusão, imaginem o que acontece entre os personagens... Ah, o amor! 

A partir daqui não revelo mais nada, mas eu sei que vocês sabem o que acontece no final, quem leu Eclipse, viu o filme ou até mesmo leu este livro. Uma pena, já que, a Stephenie, em minha humilde opinião, errou feio em não dedicar os quatro livros da saga a Bree... Bom, minha gente, a vida não é perfeita!

Enfim, me emocionei, e sorri muito com os dois, mas principalmente fiquei tristíssima com o fim dos nossos amantes... Mas, já dizia Tom Jobim “(...) todo o grande amor só é bem grande se for triste (...)”.

É isso, espero que tenham gostado!

Mil Beijos!!!

Dados do livro:

Título: A Breve Segunda Vida de Bree Tanner. 
Autor: Stephenie Meyer. 
Editora: Intrínseca. 
Paperback. 
Número de páginas: 191.

Por: Fernanda Gonçalves

Conheça também esses posts!

0 comentários

Instagram