Entrevista sobre "Devassas" com Ivana Iza

No dia 23 de Novembro de 2013, o LazCult foi ao Teatro Juca Chaves para conferir a peça " Devassas ", um espetáculo que tra...


No dia 23 de Novembro de 2013, o LazCult foi ao Teatro Juca Chaves para conferir a peça "Devassas", um espetáculo que trata sobre  os tabus relacionados ao sexo, tratando com voz ativa os desejos das mulheres (veja a postagem aqui).

Esse grande espetáculo estará em segunda temporada a partir do dia 10 de Janeiro de 2014, no Espaço Parlapatões, todas as sextas-feiras, a meia-noite.

Confira a entrevista com a atriz Ivana Iza.

LazCult: De onde surgiu a ideia de uma peça sobre o relacionamento sexual?
Ivana: "A inspiração surgiu primeiro do medo de entender que a mulher está confusa, perdida no meio dos seus desejos íntimos, e não estou falando de amor, e sim de liberdade sexual. Estamos a anos luz dessa independência, continuamos presas a questões quase milenares, como viver com um homem que não lhe da prazer, e ainda sim ir para cama com ele todas as noites, porque certas convenções lhe obrigam a isso, é triste, mas real.
Foi essas e outras inquietações que me provocaram a montar um espetáculo que produzisse estímulos, trazendo para a cena com a parceria com o amigo e também diretor do espetáculo, Flávio Rabelo, mulheres que falam  e passam a respeitar seu o direito legítimo de ser para o sexo, para compreensão de seu corpo e de suas necessidades, tornando toda essa vasão algo maior do que um sexo mal feito.
Devassas, não é uma aula de sexo, e nunca teve essa pretensão, mas surgiu para dizer que mulher tem que dar voz a seus desejos, que precisa se comunicar e ser livre dentro das suas expectativas, mesmo aquelas mais "loucas" ou "bizarras", quem nunca teve um pensamento pecaminoso que atire a primeira pedra."


LazCult: Como foi o processo de criação de cada personagem?
Ivana: "Meu trabalho sem foi baseado na pesquisa, gosto de fazer tipos, sejam eles caricatos, ou não, sair na rua e observar as pessoas, gosto muito de gente. Os personagens foram se desenhando, onde além dessas observações  eu fui ouvindo amigas, conhecidas, vizinhas e parentes, todas tinham suas queixas, dores, prazeres e reflexões bem profundas sobre a fase atual de sua sexualidade.
Foi um trabalho longo, fiquei dois anos pesquisando questões sobre a sexualidade da mulher, primeiro da mulher nordestina, e depois da mulher brasileira para ir criando o texto, de maneira que ele ficasse sem pretensões de ser uma aula sobre sexo, meu intuito com essa dramaturgia é de aguçar, brincar com as possibilidades que podem tornar a vida da mulher com seu parceiro algo mais leve e divertido.
As personagens que apresento acabam por se tornar "personas" de uma única mulher, que vai se desmembrando, utilizando de "gagues" para deixar a conversa mais
fluída e simples, exatamente como ela deve ser. Cada personagem foi pensada com um desenho que parecesse simples, mas não simplório."

LazCult: Como foi o seu preparo para a peça e as personagens?
Ivana: "Foram apenas 30 dias de processo, meu diretor estava fora do país em temporada com outro espetáculo, o tempo ficou bem curto. Nosso tempo de ensaio foi bem intenso de oito e doze horas de ensaio diários, fomos testando as possibilidades, Flávio foi muito generoso, me ouviu bastante,  e como assino a dramaturgia tudo tornou-se mais acessível para que juntos fossemos criando toda a forma que público ver."

LazCult: Porque o nome "Devassas"?
Ivana: "A palavra "Devassas" no dicionário tem as seguintes definições:
s.f. Ação ou efeito de devassar.
P.ext. Reunião das ações desenvolvidas para averiguar algo; interrogatório, inquirição. 
Jurídico. Investigação (meticulosa) de um ato criminoso por meio da averiguação dos fatos e/ou do depoimento das testemunhas. 
Jurídico. O desenvolvimento do registro dessa ação. 
adj. e s.f. Brasil. Pej. Aquela cujo comportamento denota vulgaridade; depravada, libertina.
Bom, eu gosto de todas elas, mas o que me levou ao nome foi a palavra "investigação", foi ela que me provocou a querer o nome e investigar esse universo, ainda tão confuso e obscuro."


LazCult: Recebeu muitas críticas devido ao tema? 
Ivana: "Nenhuma, as pessoas se identificam bastante com o espetáculo, e o tema provoca muito o interesse delas. Ficamos por um ano e meio nos apresentando pelo nordeste, mais de 20 mil pessoas nos assistiram, era lindo. Filas enormes dando voltas nos quarteirões, lista de espera, cambistas, lotamos em nossa primeira ida a cidade de Aracaju uma das maiores casas de espetáculo da América Latina, o Teatro Tobias Barreto, com certa de 3028 lugares, e em nosso retorno não foi diferente. As pessoas no dia seguinte sempre voltavam com amigos. Graças a Deus nosso espetáculo sempre foi um sucesso estrondoso no nordeste."

LazCult: Você acredita que "Devassas" pode levantar a auto-estima das mulheres e serve como um "manual" para os homens?
Ivana: "Acredito que sim, é muito bom ver os casais se relacionando durante as apresentações, eles se curtem de verdade. Repito que nunca houve o intuito de ser uma aula de sexo, mas sim mulheres falando o que pensam sobre o sexo, e se isso instiga homens, mulheres e casais, tenha certeza que eu fico muito feliz, porque de alguma maneira a minha função como atriz que fala sobre esse tema foi assimilada de forma divertida, sem apelos e com muito prazer."

LazCult: Ivana conte-nos um pouco sobre sua trajetória como atriz. 
Ivana: "Sou uma atriz alagoana, nordestina, 35 anos, com mais de 18 anos de carreira, fui aluna do curso técnico de Formação do Ator, e ainda formada em Filosofia, ambos pela mesma instituição ( Universidade Federal de Alagoas - UFAL); Atuei em cerca de 20 montagens teatrais que foram dos clássicos infantis, dramas a comédias.
No currículo ainda vem um longa "Deus é Brasileiro" com direção do querido Cacá Diegues, que gentilmente criou a personagem que represento especialmente pra mim (ela não existia no conto), e um curta-metragem chamado "O que lembro, tenho" do cineasta alagoana Rafhael Barbosa, vencedor  de alguns prêmios, dentre eles o do 24 Festival Internacional de curta metragens São Paulo em 2013.
Atriz, cenógrafa, produtora e Coach teatral. "

E então? Gostaram? Em Janeiro tem a segunda temporada de "Devassas", vai perder?!  =)

Por: Géssica Carvalho

Conheça também esses posts!

0 comentários

Instagram