Quem é Lucas (LBS)?

Sabemos que são infinitas as pessoas que carregam a arte dentro de si como: Cantar , Dançar , Pintar , ou Desenhar e etc... Pode ser o seu ...

Sabemos que são infinitas as pessoas que carregam a arte dentro de si como: Cantar, Dançar, Pintar, ou Desenhar e etc... Pode ser o seu vizinho que aos finais de semana junta a família e vai para varanda com o seu violão e toca suas músicas ou de artistas consagrados como se não houvesse o amanhã, ou a sua amiga que coloca a música no último volume e não para de requebrar, seja em casa ou na rua, não pode ouvir uma música que começa a se mexer. Pode ser você mesmo que em casa pega seu lápis e faz lindos desenhos que são significativos de algum modo ou aqueles pintores que pegam seus quadros e vão para praças ou centros da cidade para mostrar ao mundo sua arte.

E aqueles que cantam e dançam? Que dançam e desenham? É ai que quero chegar! Não queremos desvalorizar quem carrega com si uma habilidade, até porque se é de verdade e com amor é arte e merece todo o respeito e atenção. Mas o artista que vamos mostrar para vocês essa semana carrega com si o dom de cantar, desenhar e escrever belos poemas.

Lucas Barreto, 21 anos de idade, morador do bairro Jardim Ângela zona sul de São Paulo.


É um cara brincalhão, amigo, companheiro, ouvinte, calmo e de caráter. Ao mesmo tempo que pode ser rude por demonstrar e expor o que pensa sem medir as consequências, as vezes transparece ser um cara mal encarado e chato. O Lucas, ou ( LBS) como muitos o chamam, é uma mistura doida. Tem como influências musicais Reggae em geral, pois gosta da paz que traz pra ele. Mas o Rock And Roll é o que mais o move, diz que não da pra sair de casa sem ouvir Chrome Division, Motorhead, Motley Crue, SOAD, Disturbead, lImp Bizkit entre outros músicos. Entretanto passou boa parte de sua adolescência no Bairro Capão Redondo em uma época que ouvia muito Rap, enfim esse também é um estilo musical do qual carrega com si como: Racionais Mc´s, Facção e gringos de longa data como: Run DMC, Public Enemy etc.. Teve sua família como incentivo musical por escutarem vários ritmos, mas suas maiores influencias foram os amigos, daí em diante começou a se interessar por Rock, inclusive despertaram nele o interesse em ser afinado pra cantar e aprender a tocar algum instrumento.

LazCult: O que a música é para você?
Lucas: "Música para mim é um conjunto de muitas coisas, mas não só coisas como harmonia e melodia e tudo com o que ela se constrói. A música se torna música de diferentes formas nos ouvidos de cada um, depende da sua paz de espírito, do seu jeito de ser, dos seus problemas das dores e alegrias também. Ela meio que te representa e te define, mesmo não falando absolutamente sobre a sua pessoa."

VÍDEO: http://www.youtube.com/watch?v=j1gNqs0EhHQ

LazCult: Em relação aos seus desenhos, com quantos anos descobriu esse dom?
Lucas: "Desde pequeno, com uns 5 ou 6 anos de idade já no pré e no primário eu já via e todos viam que eu já tinha algum talento. Nessa época eu fazia desenhos dos personagens do Dragon Ball Z e vendia para os colegas da sala. E com a grana comprava doces na cantina todo dia.(risos)."

LazCult: Já fez algum trabalho relacionado aos desenhos?
Lucas: "Sempre foi um Hobby, mas nunca trabalhei realmente com base nisso. No Máximo retratos e caricaturas de amigos, parentes ou conhecidos por um preço que vária de acordo com a cara do cliente.(risos)."



O Lucas também escreve poemas, não sabe dizer ao certo desde que idade, talvez desde os 14 ou 15 anos de idade. Sua inspiração veio de diversas formas, sejam por pessoas com quem convive ou que conviveu, momentos felizes e tristes. Independente da forma de inspiração ele é peculiar com tudo que escreve. Escreve quando esta só e faz de si seu próprio companheiro, geralmente em lugares calmos onde permite que sua mente viaje sem ele mesmo perceber.


LazCult: Se você pudesse seguir um rumo, em ser cantor, desenhista ou poeta, qual seria?
Lucas: "Sou afinado para cantar, mas não acredito ter talento mesmo, escrevo bem e sei me virar com desenhos, então ficaria entre essas duas opções pois me são bem atraentes."


Essa é um pouco da trajetória desse garoto cheio de talento e que como muitos artistas acredita na sua arte e vive com verdade e amor.

Requintes de Crueldade

"Canta o pardal escorado la na beira;

Berrando no galho da mangueira, assim, por brincadeira!

Mas é besteira acreditar que o dia só vem,

Quando o pardal, ao se deitar, faz da lua sua refém.

Deitái-vos sob a mangueira pertencente à vosso pardal!

Que voa a meia noite, fugindo para a cidade;

Levando consigo todo uma vida na mira de uma espingarda!

Carregada por um meliante com requintes de crueldade.

A bala que sai da arma, é maior do que vossa coragem.

O meliante à sua casa retorna beijando a sua santa!

A lua da lugar ao sol, que aquece o corpo do pardal...

...Que já não se move, nem berra e nem canta."

Autor: Lucas BS

Por: Bianca Willms

Conheça também esses posts!

0 comentários

Instagram