As 7 maravilhas do mundo: Parte 6

Da Poderosa Estatua de Zeus, para iluminada A Pirâmide de Chichén Itzá Oi, gente! Como estão meus viajantes favoritos? Espero que muito...


Da Poderosa Estatua de Zeus, para iluminada A Pirâmide de Chichén Itzá

Oi, gente! Como estão meus viajantes favoritos? Espero que muito, mas muito bem. Bora viajar minha galera bonita? Que tal ir aos pés de Zeus e depois tocar o topo da Pirâmide de Chichén Itzá? Vem comigo então e vamos voar!

A beleza da Estatua de Zeus

Olímpia com toda a certeza, era a cidade movida por esportes, tipo Brasil e futebol sabe?

A estátua de Zeus começou a ser feita em 440 a.C. por ordem do governante Péricles. A tarefa foi conferida ao escultor Fídias, amigo pessoal de Péricles. Quando Fídias foi chamado para esculpir Zeus, acabara de criar uma técnica para fazer grandes estátuas: a base era uma moldura de ébano, depois encapada com folhas de ouro e marfim. O templo do Olimpo ficava em uma praça na planície do Peloponeso. Ali aconteceu a guerra homônima, mas o mais legal, foi que ninguém atacava a estatua porque ela era importante para os dois lado, agora para para imaginar, a guerra toda lá e o cara está pronto para o ataque ai eles param olham a estatua e dizem “vamos fazer isso ali do outro lado?” devia ser mais ou menos assim.

A estátua de Zeus tinha olhos de turqueza, haviam outras pedras preciosas pelo corpo do mesmo, sua coroa de louro era banhada de ouro assim como seu manto e sandálias, resumindo “ele era a cara de riqueza”. As pessoas iam de todas as partes da Grécia e de regiões vizinhas venerar Zeus. Algumas levavam presentes para o todo-poderoso do Olimpo. O mais famoso foi uma cortina de lã com tramas assírias, ofertada pelo rei selêucida Antiochus IV.

O fim da história é o mais intrigante, a estátua sumiu, simples assim, evaporou, sem deixar nem pistas. Vai ver o cara se cansou né?

Curiosidade: Zeus era o deus mais poderoso da Grécia antiga. É provável que Fídias o tenha esculpido com a testa franzida por conta de uma lenda. Segundo ela, quando Zeus franzia a testa, fazia tremer o Olimpo (a morada dos deuses). Com isso, os gregos queriam dizer que estava sempre alerta.


Magnífica Pirâmide de Chichén Itzá

Chichén Itzá é uma cidade arqueológica maia, fica no México de lucatã, ela foi centro político e econômico da população maia. Algumas fontes afirmam que em 987 d.C. um rei tolteca de nome Topiltzin Ce Acatl Quetzalcoatl dominou esta região com o apoio de algumas tropas maias e fez de Chichén Itzá a capital, juntamente com Tula Xicocotitlan.

A partir de então houve uma aglutinação entre os estilos arquitetônicos do povo maia e dos toltecas. A arte e a arquitetura desse período mostra uma mistura interessante de Maia e estilos tolteca.

Alguns arqueólogos dizem que essa cidade só tinha um governante mas tinha um conselho de notórios cidadãos. Durante a era de ouro de Chichén Itzá, a cidade experimentou um período de forte crescimento econômico e tornou-se o centro financeiro de Iucatã. As rotas de comércio possibilitaram a obtenção de ouro e outros recursos minerais para a região.

Suas escadas representam o calendário maia, um ano maia, 365 dias.

Curiosidade: Na época as crenças maias distinguiam dolinas chamadas de Cenotes Sagrados e durante algumas cerimônias indivíduos eram lançados nestes Cenotes. Se algum indivíduo sobrevivesse, este era considerado de linhagem sagrada. Mas, durante uma das cerimônias não houve sobreviventes e Hunac Ceel se auto-proclamou rei de Chichén Itzá.


O mundo das 7 maravilhas: Ontem e Hoje
O mundo das 7 maravilhas Parte 1
O mundo das 7 Maravilhas Parte 2
O mundo das 7 Maravilhas Parte 3
O mundo das 7 Maravilhas Parte 4
O mundo das 7 Maravilhas Parte 5
O mundo das 7 Maravilhas Parte 7


Por: Jéssica Oliveira

Conheça também esses posts!

0 comentários

Instagram