Você sabe o que são verdades filosóficas?

A verdade é um assunto que desde tempos antigos já era discutida. Outro dia eu estava pesquisando e encontrei a seguinte frase  “ Não exis...

A verdade é um assunto que desde tempos antigos já era discutida. Outro dia eu estava pesquisando e encontrei a seguinte frase  “Não existe uma verdade cujo sujeito possa ser o seu detentor”, ou seja, não existe verdade que o homem possa considerar como sua. Bom, eu não concordo muito com essa frase, pois acredito que só pelo fato de nós percebermos o mundo a nossa volta através das sensações (ideia empirista) como tocar em um objeto e saber que ele esta lá, nós já podemos afirmar que é uma verdade nossa.
 
Foto: Divulgação
Existem cinco conceitos de verdade, a verdade como correspondência, como revelação, como conformidade a uma regra, como coerência e como utilidade. Mas calma, vou explicar cada uma delas.


  • A verdade como correspondência: Diz respeito a afirmação de Platão “Verdadeiro é o discurso que diz as coisas como são; Falso aquele que as diz como não são”, ou seja, se eu digo que o chão é sólido e nós podemos pisar nele, então isso é verdadeiro porque eu dei características corretas sobre esse determinado assunto.
  • A verdade como revelação: Leva uma ideia empirista, ou seja, a verdade é obtida através das percepções e sensações. Esse tipo de verdade é a mesma coisa que eu expliquei no primeiro parágrafo, nós podemos perceber o mundo através da visão, audição, tato, etc.
  • A verdade como conformidade: Tem como base uma regra ou um conceito. Platão foi o primeiro a usar esse tipo de verdade “... tudo o que me parece de acordo com este, considero verdadeiro...” sendo assim, tudo o que eu considero de acordo com meus conceitos básicos é verdadeiro como, por exemplo, se de acordo com meus conceitos o ser humano usa roupa, anda com duas pernas e fala, então isso é verdade.
  • A verdade como coerência: Foi difundida pelo filósofo Bradley, que diz “o princípio de que o que é contraditório, não pode ser real” então segundo essa verdade tudo o que entra em contradição é falso, exemplo, se eu digo que a porta abre e fecha e respira como uma pessoa, mas a porta não tem órgão respiratório então não é real, não é verdadeiro.
  • A verdade  como utilidade: Foi formulada por Nietzsche ele dizia que “Verdadeiro não significa em geral senão o que é apto à conservação da humanidade. O que me deixa sem vida quando acredito nele não é a verdade para mim, é uma relação arbitrária e ilegítima do meu ser com as coisas externas” então, tudo que é útil para nós é verdadeiro. 

Por: Igor Carvalho

Conheça também esses posts!

1 comentários

  1. Eu ainda não sabia disso, é ótimo ler posts desse tipo e aprender um pouco mais sobre determinado assunto. Beijão <3

    Está rolando sorteio lá no blog, vem participar *-*

    http://detalhesamor.blogspot.com

    ResponderExcluir

Instagram