Em diferentes ritmos de cultura

Dentre as três artes cênicas, a dança é uma das habilidades mais antigas da história, que começou a ser praticada na época do Egito A...




Dentre as três artes cênicas, a dança é uma das habilidades mais antigas da história, que começou a ser praticada na época do Egito Antigo e faz parte da sociedade até hoje, sem perder sua importância.

Além de envolver atividade física, a dança mexe com o psicológico da pessoa, é uma atividade prazerosa e ao mesmo tempo saudável. Muito melhor perder algumas calorias dançando do que fazendo abdominais e polichinelo concordam?

A dança é algo tão abrangente, e atende a todos os gostos. Para aqueles que gostam de dançar agarradinho tem o tango, a salsa, a valsa, o forró e assim por diante. Uma dança sensual que agrada os casais e mistura o corpo colado com passos exóticos é a Bachata, ritmo típico republicano e se caracteriza muito com o bolero.

Para aqueles que querem inovar, tem uma arte bem conhecida, a dança Burlesca, que envolve teatro, plumas, espartilho e muita sensualidade. Alguns a comparam como algo falso, uma pós-representação, algo que não faz parte do seu corpo, outros a comparam com o strip tease, o poli dance, danças eróticas.

Sem contar as danças em grupo, em dupla, as folclóricas, étnicas e assim por diante, estamos envoltos em mais de 100 tipos diferentes de ritmos que estão ligados à cultura e história.

Para você que não conhece muito, abaixo segue uma lista dos filmes (tanto antigos quanto atuais) que são indispensáveis para aprender mais sobre esta arte tão antiga que faz a cabeça, e o corpo, de milhares de pessoas.

* A última dança – Patrick Swayze (Lisa Niemi – 2003)

* Cabaret (Bob Fosse – 1972)

* O Picolino (Mark Sandrich – 1935)

* Cantando na chuva (Gene Kelly e Stanley Donen – 1952)

* Lambada (Joel Silberg – 1990)

Por: Carol Euzebio

Conheça também esses posts!

0 comentários

Instagram